Metal 4 Ever - Maior forum de Heavy Metal do Brasil!

domingo, 21 de março de 2010

Os mais famosos Serial Killers da historia!



Jeff Dahmer Jeffrey Dahmer, empregado numa fábrica de chocolates, era para todos um " bom rapaz ", afável, interessado em competições desportivas, e que morava ali apenas há ano e meio, vindo de casa de uma avó, residente também em Milwaukee. Ignorava-se que já estivera preso, condenado a cinco anos por abusar de um menor, mas com pena reduzida a um ano, por interferência do pai. E ignorava-se que em casa da avó havia sido descoberto um monte de ossos, que Jeffrey, dissera, naturalmente, serem ossos de animais. Ninguém estranhara pois em criança, Jeffrey tinha o gosto doentio de desossar animais.

Ted Bundy O Picasso da comunidade dos serial killers. Ted era bonito e charmoso, inteligente, seguro de si, com um futuro brilhante, e mais mortal que uma cascavel. Usando sua boa aparência , ele era capaz de seqüestrar e matar suas vítimas sem que ninguém notasse e continuar com sua vida



Charles Manson Charles Manson fundou sua comunidade hippie em 1954, logo após ter cumprido uma pena de dez anos. Localizado em Spahn Ranch, nas proximidades de Los Angeles, o grupo pregava o amor livre e o uso de drogas, com Manson sendo encarado como um Messias por seus seguidores, ou "família" como eles preferiam ser tratados. Poderiam ter sido somente mais uma comunidade hippie típica da época, não fossem as bizarras idéias de seu líder.



Richard Ramirez Ramirez era diferente de qualquer “serial killer” já estudado. Era difícil categorizá-lo porque muitos de seus crimes eram de naturezas distintas; ele variava seus métodos vastamente várias vezes. A escolha de sua vítimas não era específica ou particular (ele não era como um Bundy em que todas as suas vítimas tinham cabelo escuro e comprido partido ao meio ou Gacy que sempre escolhia jovens rapazes). As vítimas de Ramirez incluíam o idoso, o jovem, o homem e a mulher.



Richard Franklin Speck Na noite do dia 14 de julho de 1966, o lixeiro semi-analfabeto Richard Franklin Speck, de vinte e quatro anos, viciado em álcool e drogas, invadiu a casa onde nove enfermeiras moravam juntas. Armado com uma faca e um revólver, amarrou todas e as matou uma por vez.



O Zodíaco O esquivo Zodíaco é o mais produtivo serial killer da Califórnia. Existem várias teorias sobre a identidade, método e raciocínio por trás do lastro de assassinatos dele. Seus números variam de acordo com as fontes. Alguns atribuem apenas 6 mortes a esse maníaco sem face. Outros acreditam que ele alcançou a marca de 49 assassinatos.



John Wayne Gacy Junior Palhaços cometendo crimes já foram tema de vários filmes, quer seja sob a forma de entidades sobrenaturais, como no filme "It" (baseado na obra de Stephen King), ou loucos foragidos de um manicômio, como no filme "Palhaços Assassinos". Mas se esse terror fosse real? E se aquele indivíduo querido pelas crianças e digno da confiança de toda a vizinhança, escondesse uma face sombria? Essa é mais ou menos a história de John Wayne Gacy Junior.



Jack Estripador Por cinco vezes um homem de aspecto insuspeito deslizou por entre o ambiente noturno de Whitechapel, em Londres. Por cinco vezes falou com mulheres da rua. E de cada uma das vezes a mulher morreu esfaqueada - a marca sangrenta do homem chamado Jack, o Estripador.



Myra Hindley Myra Hindley não trabalhou sozinha, de fato, Ian Brady não era só seu cúmplice, mas um mentor e motivador dos assassinatos. Os investigadores declaram que os dois cometeram crimes tão horríveis que até mesmo os mais antigos investigadores de homicídios ficaram chocados.



Eddie Gein O homem que inspirou os filmes Psicose e O Massacre da Serra Elétrica, teve uma infância difícil: sua mãe, Augusta, era uma fanática religiosa e moralista, que impedia tanto Eddie quanto seu irmão, Henry, de trabalharem fora da fazenda da família e de manterem qualquer contato com mulheres.



Andrei Chikatilo Nascido na Ucrânia em 16 de outubro de 1936, tornou-se o primeiro serial-killer conhecido da Rússia no século XX. Quando criança era, juntamente com seus irmãos, atormentado pela história do seqüestro e assassinato de seu irmão mais velho, Stepan, que teria sido canibalizado durante a grande fome que assolou a Ucrânia na década de trinta.



Pedro Alonso Lopez O mais mortífero dos psicopatas. Atribui-se a ele a autoria de mais de 300 assassinatos.



Angel Resendez Sua forma de agir era sempre a mesma, viajava de forma clandestina, atacava suas vítimas nas proximidades e desaparecia, novamente entrando clandestinamente num trem que estivesse saindo.

Alguns Filmes de Serial Killers.

Zodiaco
Halloween - O Inicio
Seven - Os Sete Crimes Capitais
O Silencio dos Inocentes
O Principal Suspeito
Monster - Desejo Assasino
A Cela
Do Inferno
Possuidos
Beijos que Matam
Colecionador de Ossos
Psicopata Americano
Dragão Vermelho
Hannibal

27 comentários:

João Márcio disse...

sem falar do Dexter seriado...

Lucas Vasconcelos disse...

O topico está muito bom, mas faltou detalhes dos acontecimentos, criar um tópico somente para dar uma leve pincelada na história não é interessante para quem lê.

Anônimo disse...

Concordo com o amigo Lucas ... faltou um pouco mais pra que nós entendêssemos o por que de serem Serial Killers

Anônimo disse...

Está muito vago as informações... pouco conteudo..
ex: Charles Manson não é um serial killer, nunca foi comprovado, ele é lider da seita e seus seguidores que fazem os assasinatos...

ISTOUATOA.BLOGSPOT.COM disse...

Bom post mas deveria especificar mais detales sobre os acontecidos.

Em 1978, a polícia de Chicago fez uma busca na casa n° 8213 da West Summerdale Avenue, interrogando seu morador, John Wayne Gacy, palhaço amador muito querido pelas crianças da cidade e que dificilmente cometeria algum crime. Leve engano. Antes de deixarem o local um dos policiais estranhou um cheiro desagradável na casa; "É só um entupimento nos canos de esgoto", explicou Gacy. Mas os policiais decidiram investigar mesmo assim. No porão, sob um alçapão oculto, foram encontrados os restos de vinte e nove garotos entre nove e vinte e sete anos, com sinais de tortura, violências sexuais e estrangulamento. John Wayne Gacy Jr., nascido em Chicago em 1942, também teve uma infância meio traumática: era espancado e chamado de "bichinha" pelo pai alcoólatra, sofreu um traumatismo craniano aos 15 anos, e em 1968 foi preso por estar praticando atos sexuais com um jovem no banheiro de um bar. Gacy começou a matar em 1972, e suas vítimas eram todos homens. Os rapazes recebiam propostas de emprego, iam até a casa de Gacy, eram embebedados, amarrados numa cadeira e sexualmente violentados. Em 1988, Gacy foi condenado a 21 prisões perpétuas e 12 penas de morte. Enquanto aguardava no Corredor da Morte do Menard Correctional Center de Illinois, Gacy - apelidado pela imprensa de "Palhaço Assassino" - passava o tempo fazendo desenhos infantis, especialmente de palhaços. Suas ilustrações são consideradas itens de coleção, e alcançam altos preços no mercado.

A verdadeira história e completa do Clown killer
Acessem e comente.
http://istouatoa.blogspot.com/2009/10/clow-killer-nao-e-lenda.html

Anônimo disse...

HUAHUAH MUITO BOM MAS VAGO

Anônimo disse...

Realmente muito bom o post, porém bastante vago. A história do Palhaço Assassino é muito interessante, assim como a de Charles Manson que não matou nenhuma das suas vítimas, porém coagiu a "familia Manson" a matar. Todos esses Serial Killers possuem histórias interessantísssimas, vou aguardar um post com mais detalhes.

Elvis disse...

O post ta otimo mais tava faltando o numero de virimas de cada um e mais alguns detalhes de cada um!!

Fabiana disse...

Concordo com o Lucas. Tudo muito interessante, mas faltou detalhes.

Anônimo disse...

sem falar do filme 'helter skelter' que fala da história do Charles Manson :p

Anônimo disse...

sem falar do filme 'heltr skelter' que fala sobre a história de Charles Manson

Anônimo disse...

DEXTER \O/
Vício!

Anônimo disse...

Ah, um outro caso muito famoso é o do JIM JONES, o cara virou um reverendo maluco que fez mais de 800 pessoas cometerem um suícidio em massa.
Vale a pena procurar, existe um documentário no Youtube,muito louco! Procurem por "Jim Jones".

Anônimo disse...

Realmente mto VAGO esse post!! Principalmente o do 1º serial killer q é um dos meus preferidos o Jeffrey! Minha mãe tem uma amiga q morou na mesma rua q ele em Milwaukee quando ele tava na "ativa"! Ela o conhecia só de vista! Pirei ao saber disso! wheuwhuewheuheh

Anônimo disse...

tudo doente mental

Anônimo disse...

JORNALISTA VAI LANÇAR LIVRO SOBRE SERIAL KILLER QUE MATAVA CRINÇAS NO INTERIOR DE SÃO PAULO

O escritor e jornalista, o ituano Reginaldo Carlota, 35, perdeu há muito tempo a conta de quantas pessoas mortas, das mais piores formas, já fotografou em seus anos de repórter policial. Porém, nenhum dos casos em que trabalhou até hoje, conseguiu abalá-lo tanto, quanto os brutais assassinatos de duas garotinhas de 9 e 10 anos, ocorridos em Itu, no ano de 1984, quando o autor ainda era uma criança, da mesma idade das vítimas.

Foi a obsessão por esses dois casos, nunca esclarecidos pela polícia, que levaram o autor a escrever o livro “O Matador de Crianças”, que será lançado no próximo mês.

“O livro é um documentário chocante, brutal e aterrador sobre o serial killer Laerte Patrocínio Orpinelli e seus macabros assassinatos de crianças, ocorridos no interior de São Paulo entre 1970 e 1999.
Durante vários anos Carlota seguiu de maneira obsessiva a trilha de sangue deixada pelo serial killer Orpinelli e foi refazendo toda a rota de seus crimes, para levantar o maior número de informações que podia sobre o maníaco.

A obsessão do autor pelo criminoso era tanta que, Carlota perambulou durante meses por diversas cidades do interior de São Paulo, pegando carona nas mesmas rodovias que o assassino pegava, atrás de informações sobre ele. O autor também ia pessoalmente até os locais onde o maníaco havia matado suas vítimas, frequentava os mesmos bares que ele havia frequentado, conversava com as mesmas pessoas que ele havia conversado, ouviu depoimentos dos familiares e conhecidos das vítimas e pesquisou quilos de jornais e inquéritos policiais sobre os crimes. Carlota também entrevistou três delegados envolvidos nos casos e chegou ao extremo de pernoitar durante semanas nos mesmos albergues noturnos que o andarilho dormia, tudo para saber o máximo que podia sobre o serial killer.

“Eu tive que refazer toda a rota macabra percorrida pelo Orpinelli e mergulhar no mundo dele, só assim consegui compreender sua lógica perversa e doentia”, revelou o autor.

De acordo com Carlota, o livro será lançado no próximo mês e deverá ter uma noite de autógrafos na cidade, aberta ao público. A data ainda não foi definida.

O autor está postando mais informações sobre seu projeto em seu blog pessoal (www.carlotacriminal.blogspot.com).

Anônimo disse...

tanks for give meaning to my life

Anônimo disse...

I'll always be grateful

Anônimo disse...

if someone could answer me, will have the 6 season of Dexter, thanks

Anônimo disse...

Muito interessante. Mias o que mais me interessa é o zodíaco. o cara é ou era o mais inteligente! Nem com a tecnologia atual conseguiríamos dizer quem ele é.

Anônimo disse...

Achei fracas demais as informações postadas,praticamente só foram feitas menções aos Serial Killers mais conhecidos.Valeu pela intenção.Obrigada !!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Alguém conhece o serial killer apelidado como "O Carniceiro do rio" ?

Anônimo disse...

Bin Laden pode ser considerado?

Anônimo disse...

nunca mais vou paa londres,poque o deryal killer ainda esta a souta rsrsrsrsrsrsr!!!

Anônimo disse...

ai que medo clack estripado

Anônimo disse...

Sem em karla homolka e paul bernado.E o filme karla paixao assassina.

Anônimo disse...

e Karla Homolka e Paul Bernardo! seu idiota

Postar um comentário